segunda-feira, junho 4

aprendi a viver com a brisa

A janela entreaberta deixa o vento entrar no meu quarto. A brisa é suave e os meus cabelos balançam com ela, ao som da melodia que me enche o coração .esse finalmente aquece um pouco e volta ao seu tamanho normal, andou apertadinho no meu peito dorido, ele estava longe, fora do lugar e parecia não querer ficar ai, sentia-me como sem coração, mas hoje, ele pode voltar a ser o meu coração, e a minha mente esvaziou-se de todas as preocupações que teve durante esta ultima semana, deixou a brisa limpar-lhe os pensamentos maus , as luzes negras e ficar apenas tudo o que me faz bem, tudo o que leva para longe as lágrimas e o medo. Hoje posso finalmente dizer que acalmei ...

18 comentários:

Filipa disse...

Podes contar sempre comigo (;

Coraline disse...

Nem sabes a vontade que tive de te dar um grande abraço ao ler este texto apesar de nunca nos termos visto. Porque sei que nestes momentos os abraços valem ouro e é assim, na pureza de uma decisão que começam as verdadeiras amizades :)

Um grande beijinho *

AnaM disse...

Força princ!

Querida, ajuda-me a ganhar uma entrevista com a Razel. Entra no meu blog, clica no link para ires ao seu blog e vota em mim no fundo da página. Se puderes partilha com os teus amigos para eu ganhar <3

catarina disse...

lindo lindo lindo* luta sempre amor!

Pedacinhos de mim disse...

Se soubesses o quanto gosto de passar por aqui, de ler as tuas palavras. Hoje, depois de um dia cansativo, soube tão mas tão bem. Obrigado por estes momentos. Gostei muito. Um Beijo :)*

Patrícia disse...

escreves mesmo bem! adorei *

Mariana disse...

ADORO *-* :D

L' disse...

O teu coração soltou-se das amarras da tristeza, chorou tudo. Agora vão ser só sorrisos.

- cariiii disse...

eu entendo-te, porque já me aconteceu muitas vezes isso. mas lembra-te que este sitio vai sempre ajudar-te a desabafar tudo. e mesmo que não conseguias, acredita em ti e no quanto és forte. não sei o que se tem passado contigo, mas se algum dia quiseres contar podes falar comigo :)
mas escreve, tu sabes o quanto gosto de ler os teus textos.

inês disse...

não se passa nada doce, o texto é fictício:)

fica calma

ana mendes disse...

oh, sou como tu *
manda o link :)

Inês disse...

Como te compreendo. Ainda bem que voltaste :)

Ana disse...

Ainda bem que te encontras melhor e que voltaste :)

' dianasilva disse...

Acredita é só uma fase. Mas para quem está sem vontade de escrever, este texto está lindo e acredita que a continuares com estas coisas lindas o blog volta a ser o mesmo e até melhora *-*

Skinny Love disse...

gostei tanto do excerto, escreves muito bem :)
beijinho * Monstros no Armário

R. disse...

aii, nem me digas nada! estou mesmo farta disto!

Inês disse...

Obrigada querida. Aproveita agora estes aninhos que faltam :)

filipa alexandra disse...

Gosto tanto, e já não é novidade.