quinta-feira, outubro 4

a lua estendesse no horizonte mesmo por cima de mim , delicadamente a luz que foi levada pelo sol é trazida pela lua e preenche o pequeno vazio que se começa a formar no meu peito ainda dorido.
Tu voltas a juntar-te a mim, ocupando o lugar de todos os dias . Na minha mente volto a sonhar, volto a ser levada para outro lugar onde tudo é belo e calmo. e tu voltas para junto de mim. Sabes meu amor, eu já não te amo, não , claro que não, mas continuas a ser tu a personagem que habita sempre ao meu lado nestas alturas, continua a ser contigo que eu quero estar num futuro longínquo. E sabes ? sinto-me tão bem, o meu coração palpita , é vermelho e vivo e quente, a minha mente é cheia de cor e vazia de tristeza. Porque ela desaparece . Sempre que penso em ti ela desaparece. Sabes ? É em ti que penso nas pequenas coisas do dia a dia, e é de ti que quero falar ás pessoas. Não , já não te amo, mas continuas a ser o rapaz perfeito para mim . Deixa-te assim, ao pé de mim. Deixa-me ser feliz :)

4 comentários:

filipa alexandra disse...

Continuas a escrever tão bem!

Daniela disse...

Escreves tão bem *--*
Só eu que não sei escrever....

Segui o teu blog, segues de volta? c:
http://daniela-diariodeumaadolescente.blogspot.pt/

Kiss :3

Pérola Irregular disse...

Você escreve muitíssimo bem.
Por vezes, o coração diz não amar mais para poder acreditar nisso.
É difícil deixar para trás aquilo que marcou a nossa vida, ainda que sejam pinceladas de tristeza ou alegria, a gente nunca esquece e por isso a gente tem essa necessidade de contar as pessoas, de escrever sobre ela. Por mais que não o ame mais, foi importante. (:

Beijos!
http://perolairregulaar.blogspot.com.br

Andreia Melo disse...

olá tosca, é a andreia, só te quero pedir um, conselho.
Tenho saudades do blog e por estúpida burrice eliminei achas que devia voltar a este mundo só nosso?:X

Beijo de quem te adora, andreia melo