terça-feira, março 19

A noite estava acordada á longas horas , quando o meu pequeno ser deambulando pela casa se viu encontrar com aquele lugar que á muito não visitava. Sentando-me delicadamente fixo o olhar no céu estrelado e admiro-o como não admirava á muito. Sentada sozinha, com o turbilhão de pensamentos e emoções que atolam o meu coração e com a mente a vaguear por entre todas as cores negras que teimam em permanecer na minha fraca mente , deixo-me continuar sentada , sozinha. Apenas comigo. Sozinha. Comigo e com as pequenas coisas que trago do dia-a-dia. Apenas sozinha com o vazio de emoções que carrego dentro de mim. Sozinha com o pequeno e frágil coração que teima em apertar contra o meu dorido peito. Apenas eu. Um eu mais frágil e sensível. Um em mais pequenino e com tendência a minguar . Um eu. Eu. Um eu que chora em silencio. Um eu que acorda a meio da noite . Um eu que não te esqueceu. Um eu cada vez menos eu. E permaneço sentada, com os braços em pele de galinha e as pernas a tremer , com um frio a consumir o meu exterior , e comigo mesma a consumir o meu interior . Permaneço aqui. Olhando para as estrelas que a pouco e pouco muda de lugar. E continuo sentada no mesmo lugar !

22 comentários:

Carol Watson disse...

Escreves tão bem Tatiana do Twitter!
Adoro ler o teu blog :)

♛Queen♛ disse...

Minha princesa,
Não quero mesmo que me agradeças! Adoro ler o que escreves, e se poder ter ao menos a certeza de que continuarás a escrever as tuas palavras perfeitas que tocam a minha alma, então já ficarei muito feliz. Continuarei a passar por aqui, a ler e a comentar e vou esperar calma e pacientemente para que me possas responder.
Eu sei que pode ser difícil arranjar tempo para responder a toda a gente, mas olha porque não fazes assim:
escolhe um dia da semana em que estejas menos ocupada (para mim é o domingo) e tira um tempinho para responder aos comentários. Se houver uma semana em que não consigas arranjar tempo não te preocupes - terás uma próxima semana. E ninguém te vai culpar se não conseguires responder a toda a gente - ninguém é perfeito!
Tenho a certeza que todos os teus seguidores irão entender. :)

Oh, fiquei mesmo muito feliz por saber que foi o meu comentário uma das razões para voltares a responder-nos! Tinha mesmo saudades tuas e de falar contigo, anjo.
Um grande beijinho*

♛Queen♛ disse...

E sinto mesmo :)<3

Joo disse...

Não deixarei de vir cá ler-te só porque a regularidade é pouca, se um texto, uma palavra, uma frase me tocou uma vez, toca para todo o sempre :) espero que consigas vir cá mais vezes! Um beijo <3

Pat disse...

Só tens que ter o teu tempo e ainda tempo para todas as outras tarefas e eu tenho a certeza de que conseguirás. Nunca será apreciso um agradecimento por ler cada texto teu, faço-o com um enorme prazer e, por vezes, também é bom quando utilizamos o blog como apenas "nosso cantinho". Nós esperamos por ti, pela tua presença.. Tudo, o tempo necessário!

vera sofs disse...

não tens que agradecer Tatiana, tens o tempo todo. E compreendo o teu lado já tive um tempo assim. Espero que voltes com mais entusiasmo. Fica bem, beijinhos <3

Adriana Santos disse...

Oh obrigada :)
Ainda bem q gostaste.
Gostei du textu, é intensu :)

adriana martins disse...

força princesa, todos os seguidores estão contigo <3 obrigada pelas palavras lindas!

Ana disse...

Espero que tenhas vindo em força e para ficar :)

Pensando com Arte disse...

Não sei, o que se passa contigo? Conta-me...

Esse teu que não o esqueceu vai ter de o largar, tens de o fazer...porque mereces ser feliz com que te faz feliz!! Bom texto! <3


Beijinhos,
Pensando com arte,
deixa tua opinião sobre o novo texto querida!

Bolacha de Chocolate disse...

escreves muito bem!
sigo*

Patricia Silva disse...

Adorei o texto, escreves muito bem e nota-se que são palavras sentidas e sinceras!

http://touchofpatricia.blogspot.pt/

Emilie disse...

Tens de mover-te minha querida e contigo mover o mundo. Porque sim, nós temos força para mover o mundo se assim quisermos *

nicolemorais disse...

Tu mereces que ninguém te abandone, e estamos sempre aqui prontos para te ler a apoiar se for necessário!
Oh, acredito. São pessoas especiais que fazem falta. Grandes homens!
Não me agradeças, meu amor, se sou uma amiga para ti é porque mereces muito! E eu só quero que sejas feliz!
Força, tu és capaz de melhorar! <3

Rita M. disse...

Não tens que agradecer de nada, a sério que não. Eu compreendo-te perfeitamente. Também por vezes tenho complicação em acompanhar a vida por cá. Embora seja do melhor, nem sempre é fácil. E também eu já me ausentei por alguns tempos, e até acho que faça bem. Também faz bem a alma, e quando se volta, é por pura vontade. Acima de tudo, é isso que espero, que voltes porque assim te apeteceu, porque assim sentiste no teu coração que era hora de retornar. Nunca te preocupes com a ausência, preocupa-te sim em seres feliz, seja onde for. Nós, seguidores, só podemos compreender! Espero honestamente que esteja tudo bem, e se não o estiver (ou um dia não vier a estar), lembra-te que tudo se resolve, com calma, força e espírito. E isso, tens tu. Acredita.

Rita M. disse...

Ouve, por vezes, temos mesmo de ir abaixo. Perder um pouco a coragem, quem sabe, a força de estar, de ser. É complicado, mas lá faz parte. E sabes uma coisa? Quando estamos em fases desse género, há sempre algo, sempre alguma luz que nos faz acreditar e restaura o corpo, a alma, o coração. Portanto, embora possas sentir-te agora frágil, mas amanhã, é um novo dia, e quem sabe se não é o dia de te levantares e lutares (de novo) por ti. Mais uma vez, acredita em que és!

claire disse...

fico contente com o teu comentário e as tuas palavras minha querida. a verdade é que já sentia falta desse aconchego, visto que também eu tenho andado também tão ausente. prometo vir mais vezes ao teu coração de palavras, que como sempre é um amor

Camila disse...

Sei bem como é fixar-se ao chão, apenas pensando...

cláudia disse...

continuo a maravilhar a tua escrita querida*

sílvia sampaio. disse...

eu compreendo, mas tens aqui um cantinho tão bonito :) espero que continues apesar disso

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

fico muito feliz por te continuar a ver escrever, adooooro tudo o que escreves*

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

fico muito feliz por te continuar a ver escrever, adooooro tudo o que escreves*