terça-feira, maio 28

O meu ser já não sou eu! Assisto ao sol a despertar, vejo a lua a colorir o céu nocturno, dia após dia. Continuo com as mesmas rotinas. Tenho o tão precioso tempo que nunca tive. E mesmo assim não me sinto eu. Não me sinto o eu feliz de antigamente. o eu que deixa o coração fluir e que se alimenta das palavras dos outros. A ânsia de ler cresce ao ritmo que perco o gosto pela escrita . Não é uma fase, uma fase não dura anos. Vejo as horas a passar. Vejo as horas e formarem dias e dias a formarem semanas e vejo chegar um ano após outro e eu não voltei a ser eu.

4 comentários:

Rita M. disse...

Acho antes que é um despertar. Se há em ti a consciência do que se está a passar, então há em ti a capacidade de mudar. Fazer algo que te preencha, que te encha a alma. É possível. Com muita força de espírito, muita vontade, muita coragem. Sabes o que dizem, tudo é possível. Por muito frase de pacote de açúcar que pareça, não deixa de ser verdade. Ora, mexe-te. Reclama para a tua alma, o que te pertence por natureza. Força, rapariga!

Bolacha de Chocolate disse...

força.

*AM* disse...

Muita força:)

nicolemorais disse...

Sinto-me exatamente assim e é tão mau... força!